Seguidores

Páginas

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

MUITO TEMPO




 MUITO TEMPO

Por muito tempo eu esqueci de mim,
Deixei-me levar por um encanto,
Iludindo-me persistindo numa ilusão,
Não me deixando abater pelo quebranto.

Por muito tempo deixei de existir,
De tentar novamente e não desistir,
De deixar o destino decidir,
E tudo novamente a se repetir.

Por muito tempo deixei-me dominar,
Fazendo-se assim a me ocultar,
Assim talvez eu pudesse te provar,
Que eu o amava sem desagradar.

Por muito tempo deixei de ser,
Sendo sempre a companheira em seu viver,
Dando-te pleno poder,
Acreditando que ira me proteger.

Por muito tempo nem imaginei,
O quanto me rebaixei,
Não percebi nem indaguei,
Só me feri e me calei.

Por muito tempo já é tempo de acordar,
Já é tempo ainda é tempo de subjugar,
Que não há mais tempo de esperar,
Aquilo que nunca se pode conquistar.


É muito tempo de sonhar amar sofrer...

HEIDY

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!