Seguidores

Páginas

quarta-feira, 27 de julho de 2011

RECORDAÇÃO DE UMA EXISTÊNCIA






RECORDAÇÃO DE UMA EXISTÊNCIA

Quando viajamos nos pensamentos,
Tristes e alegres pequenos e grandes momentos,
Turbilhoam nossas emoções e acontecimentos,
Quantos desejos e sonhos rejeitados,
Quantos casos e descasos complicados,
Resolvidos esquecidos desvendados.

E a tantas rejeições sentidas,
Quantas palavras mal ditas,
Ainda assim existe muito amor,
Sensibilidades não são inibidas,
Sou lembrança de algum modo de um passado,
Seja lá de quem for.

Serei uma forte lembrança,
Ou uma simples reminiscência,
Mas visível em minha transparência,
Constituo a natureza com essência,
E nessa imaginação de minha ausência ,
Sou recordação da minha existência.

HEIDY

quinta-feira, 21 de julho de 2011

SUBSTITUÍVEL INVISÍVEL





SUBSTITUÍVEL INVISÍVEL

Sei que a existência é substituível,
Hoje somos lembrados, e amanhã esquecidos,
Assim como a beleza da borboleta que ofuscou os olhos,
Nem as lembranças de suas cores restaram na mente,
Não houve espaço,substituída fora pelo mais atraente.
Sim somos substituídos em nossa ausência,
A tempestade não tem mais importância,
Somente lavou a terra,só mudou  a aparência,
No pensamento recusa-se a evidencia.
Fui só uma concha achada na areia,
Um conto de fadas,uma linda sereia,
Apenas uma lembrança em noite de lua cheia,
Uma abelha em uma grande colméia.
Um ser substituível,
Despercebível,
Invisível.
HEIDY

sábado, 9 de julho de 2011

BRISA DA EXISTÊNCIA









BRISA DA EXISTÊNCIA

Sei o quanto estou ausente,
Meus pensamentos  estão aos ventos,
Procurando  ocultos firmamentos,
Palavras fugiram de repente da mente,
Raciocínios se tornaram  lentos.

Com o coração apunhalado,
Esperando a ser curado,
Veneno do infortúnio a ser retirado,
Reconstituído , cicatrizado,
Do peito o ferimento arrancado.

Assim a saudade é persistente,
Até que o vento se assente,
Tornado-se uma brisa somente,
Encontrar-me-ei ao  ocaso,
Recuperarei  na energia do sol poente.

Brisa que me secará  a lágrima,
Que assoprará a lástima,
Trará de vota a minha essência,
Retornando assim a  minha existência.
HEIDY