Seguidores

Páginas

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

ALMA PROTEGIDA





 ALMA PROTEGIDA

Nessa minha sensibilidade,
Não é que acostumei com a realidade,
Só tirei proveito da promiscuidade,
Aprendi a viver com flexibilidade.
Sempre confiando com solidariedade,
Sofrendo e atingida pela falsidade,
Nunca me senti na superioridade,
O que sempre valeu foi minha dignidade.
Percorri por varias cidades,
Adquiri centenas de amizades,
Sou um ser na totalidade,
Alegre brincalhona com jovialidade.
Por isso convivo com a sociedade,
Que aprecia minha lealdade,
E sou amada em minha familiaridade.
E mesmo com tanta maldade,
Não há como atrair a mediocridade,
Quando se vive com verdade,
Da alma ferida se pede piedade.

A alma ferida procura atingir,
E toda sua força quer extrair,
Mas a minha alma ainda a evoluir,
Está cada vez mais protegida a reluzir.

HEIDY


Um comentário:

  1. "Nunca me senti na superioridade,
    O que sempre valeu foi minha dignidade"

    Lindo amiga, adoro sua inspiração.

    Bjs

    Mila

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!