Seguidores

Páginas

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

CORRENDO CONTRA O TEMPO










 CORRENDO CONTRA O TEMPO

Todos às pressas,
Correndo contra o tempo,
Tempestades sem abrigos,
Chuva de granizo,
A natureza se revela.
As encostas não suportam,
As águas que tudo transportam,
As tristezas que se espalham,
O desespero que assustam.
Correndo contra o tempo,
O céu sem firmamento,
Raios expandidos,
Insistentes e temidos,
A atingir fatalmente qualquer individuo.
E na existência percorrida,
A insistência pela vida,
Correndo contra o tempo,
Nessa grande corrida,
Nesse caos sem medida,
Assim nossa mente é atingida,
Sem saber a hora da partida.
Nem por onde nem porque,
A quietação é engolida.

HEIDY

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!