Seguidores

Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010








EU NÃO DESISTO

Vivemos em uma tempestade,
Com brigas sem necessidade,
Vivemos muitas loucuras,
Que ficaram na saudade.

Tenho boas recordações,
De tudo que foi verdade,
Me orgulho das suas bravuras,
E da minha sinceridade.

Só não digo que tudo acabou,
Por que ainda tens minha fidelidade,
Tudo depende das suas branduras,
Para ter meu amor de verdade.

Posso parecer insensata,
Mas ajo com honestidade,
Não aceito torturas,
Não aceito maldades.

Sei o que o tempo apaga tudo,
Não perco minha virilidade,
Busco forças obscuras,
Para viver a realidade.

Lutarei sempre contra a nossa desunião,
Não desisto com facilidade,
Mesmo sofrendo com suas palavras duras,
Acredito na minha capacidade.

Meu amor vale por nos dois,
É da minha personalidade,
Carregar armaduras,
E trazer a tranquilidade.

HEIDY

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!