Seguidores

Páginas

sábado, 14 de agosto de 2010

EU SEI PERDOAR






EU SEI PERDOAR

Eu sei perdoar,
E esquecer as mágoas,
Eu sei sorrir,
A quem me causou nódoas.
Se me isolo não procuro,
É porque o futuro é obscuro,
Se não enxerga a minha dor,
Ainda é prematuro.
O tempo se encarrega,
De um sentimento maduro,
E quando se quer aceitar o perdão,
Sentirá no coração.
Meus braços estão sempre abertos,
Embora os abraços são incertos,
Minhas palavras estão contidas,
Até te dar as boas vindas.
Perdoar não é se humilhar,
É sentir que faz falta,
É abrir também a porta,
Para que eu possa entrar,
Mas se nada disso importa,
Não posso demandar.

Um comentário:

  1. Querida Heidy,

    Eu tenho algumas pessoas na vida as quais teria que perdoar, mas o perdão deve ser de alma, do coração, senão não será perdão de verdade.

    Por outro lado, já perdoei algumas vezes de coração puro e sei muito bem qual é a sensação que isso nos causa e, principalmente, o alívio que proporcionamos ao outro.

    É fantástico, mas deve ser feito com o coração, com a emoção e não com a razão.

    Bjs amiga.

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!