Seguidores

Páginas

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

DEIXO O TEMPO PASSAR





DEIXO O TEMPO PASSAR

Deixo o tempo passar,
Mesmo sabendo que a mesma borboleta não pousará,
Chegará o dia e terá outra para distrair o meu olhar,
Deixo o tempo passar,
Mesmo sabendo que a ventania vai cessar,
Chegará o dia em que a brisa vai voltar.
Deixo o tempo passar,
Mesmo sabendo que a nuvem carregará,
Chegará o dia que os pingos da chuva aliviará.
Deixo o tempo passar,
Mesmo sabendo que o sol e a lua sempre vão estar,
Iluminando meu dia e noite a me vigorar.  
Deixo o tempo passar,
Mesmo sabendo que o sentimento são como as estações a passar,
Um dia frio,no outro ardente,florido,inconstante a defrontar.
Deixo o tempo passar,
Mesmo sabendo que nada pode se mudar,
Esperando que o destino tenha a concórdia a ofertar.
HEIDY

2 comentários:

  1. Heidy minha poetisa!
    Que lindo poema!
    Os sentimentos são mesmo como as estações a passarem. Você diz de uma forma suave como és.
    Bjs de luz querida amiga.
    Goretti

    ResponderExcluir
  2. Já entendi este poema de outra maneira. Sempre podemos deixar as coisas passarem se percebemos que não é a hora, nada pode ser forçado. Se não acontecer hoje, poderá acontecer outro dia, mais tarde, de maneira melhor!
    Amei amiga.

    Bjão!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!