Seguidores

Páginas

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

QUASE BODAS DE PRATA




QUASE BODAS DE PRATA

Quantas palavras foram ditas e escritas,
Quanto tempo teve para entendê-las,
Foram quase bodas de prata,
Palavras ao vento deixando-as.

Só queria umas horas para dançar,
Umas horas para me escutar,
Você parado só para mim,
Não somente para me amar.

O tempo foi passando,
E eu a esperar,
Mas tantas coisas foram se deixando,
E eu nunca em primeiro lugar,

O que posso fazer te amando,
É me reencontrar,
Se por onde eu ando,
Sei que ao meu lado você nunca vai estar.



 HEIDY

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!