Seguidores

Páginas

domingo, 27 de janeiro de 2013

LADO A LADO



LADO A LADO

Nem tem como escolher um lado,
Do lado que você se encontra,
Não é o lado que estou,
Nem sei qual seria o lado de fora,
Nem do lado de dentro que se transformou.
Não nos encontramos mais lado a lado,
Algum lado se modificou,
Nem à direita nem à esquerda,
Interno ou externo,
Um dos lados se desviou.
Existe um lado obscuro,
Que o meu lado se apagou,
Agora mesmo que esteja eu ao teu lado,
Não sinto o teu corpo ao lado meu.

HEIDY


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!