Seguidores

Páginas

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

OLHOS DE VIDRO




OLHOS DE VIDRO

Tornaram-se os meus olhos de vidro,
Apenas passaram a observar,
Mesmo que ainda brilhem,
Não há mais lagrimas para expulsar.
Tornaram-se pequenos cristais,
As gotas de desventura ali foram se instalar,
Ficaram presas por dentro,
Em meu coração foram morar.
São apenas dois olhos de vidro,
Que não conseguem mais chorar,
O sentimento que ficou endurecido,
Que não sabe mais se entregar.
São agora apenas dois olhos de vidro,
Que a você não podem mais admirar,
Por você eles foram esquecidos,
Pois quando estava vivo,
Não se importou a uma lagrima rolar.

HEIDY

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!