Seguidores

Páginas

terça-feira, 17 de maio de 2011

A CERA QUE DERRETE




 A CERA QUE DERRETE

Calmamente ela se derrete,
Sua luz tão pouco brilha,
No seu suave bailar,
Mesmo assim ela ilumina.
Leva ao céu o seu  desejo,
Seu pedido emocionado,
Do seu coração andejo,
O teu rogo acreditado.
Leva a prece de menina,
Do coração apaixonado,
Leve a oração ao lugar sagrado,
A cera que derrete,
Atenda o meu enfado.
HEIDY

2 comentários:

  1. Que super lírico! Nunca havia pensado por este lado ao acender uma vela em oração... Mas olha que dá poesia também... valeu!
    bj.

    Catita

    ResponderExcluir
  2. obrigada pelo carinho e fique a vontade pra oltar sempre!
    eu sempre estarei espiando por aqui tbm:D
    bjaaao

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!