Seguidores

Páginas

sábado, 26 de junho de 2010





NÃO ME AME


Meu coração não pode brincar de faz de conta,
Não pode mais viver de fantasias,
Tem que ser real a nostalgia,
Sua imagem não pode ser uma euforia.
De nada vale a imaginação,
Se não existe a emoção,
Do toque das mãos,
No desejo da inocente demasia.
Nossas alucinações,
Os delírios do êxtase,
Ficaram no amanha talvez,
No sonho uma insensatez.
Não se pode mudar o destino,
Se já sabemos o nosso trajeto,
Mesmo estando inquieto,
Nunca será cristalino.
Afoga a esperança do amor,
Pois não existirá libertador,
Do fogo que urgiu inopino,
Que é verdadeiro vapor.
HEIDY

2 comentários:

  1. Bela poesia Heidy!

    "Sua imagem não pode ser uma euforia.
    De nada vale a imaginação,
    Se não existe a emoção"

    Lindos versos!

    Bjs linda

    Mila Lopes

    ResponderExcluir
  2. Poetisa de alma colada no coração... maravilhoso "dizer de si".A cada texto seu, confirmo mais o que captei em sua primeira leitura que eu li.
    Mulher intensa e verdadeira em tudo que escreves vais postando um pouco de seu interior cristalino.
    Heidy muito obrigada pelo selinho de ouro, não mereço amiga.
    Você pode postar o que ganhei da vovó Noêmia "esse Blog é um charme" por favorzinho amiga.
    Beijoos de sua amiga e fã eternamente. Goretti Albuquerque

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!