Seguidores

Páginas

segunda-feira, 10 de maio de 2010




















SEM ME JULGAR

São poucas oportunidades onde me encontro com a natureza,
Mas aproveito cada segundo com a plena certeza,
Absorvendo a essência dos seres inibindo minha fraqueza,
Retirando do meu pensamento a tristeza.

Um pequeno momento de reflexão,
Longe da multidão,
Distante da opressão,
Na plenitude da satisfação.

Não existe cobrança,
Carinho sem desconfiança,
Apenas se reparte a confiança,
Um momento seguro em minha lembrança.

Fortalece então meu sentimento,
Que me passou naquele momento,
Abafou meu sofrimento,
Foi meu renascimento .

A minha mão que te afagou,
Nem tão pouco recusou,
Em nenhum momento desprezou,
Sem me julgar me aceitou.
HEIDY

2 comentários:

  1. "Um pequeno momento longe da multidão"
    Todos nós precisamos disso, e quando tivermos devemos fazer como você, aproveitar cada momento e limpar nossos pensamentos, purificar a alma...
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  2. Linda poesia, esses momentos com a natureza são importantes demais.Parabéns.Arnoldo Pimentel

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!