Seguidores

Páginas

terça-feira, 26 de outubro de 2010



UM NOVO AMANHÃ

O tempo que não passa,
A esperança que balança,
A resposta que não basta,
A vida que tardança.

Os olhos que se enchem de lágrimas,
O sorriso que mascara a preocupação,
Não se sabe se sim, ou se não.
Inquietude no pensamento e no coração.

Tudo que tenho a fazer,
É tentar esquecer,
Já me basta viver,
E esquecer o sofrer.

Mas o que fazer dos meus planos?
Dos meus sonhos ,
Não faço parte dos profanos,
Meus esforços são soberanos.

Só quero sentir a satisfação,
Que venci a ilusão,
Que é forte minha imaginação,
E minha fé não tem comparação.

E que escrevo hoje,
Já ficou no passado,
Que amanhã terei o meu reinado,
E estará tudo mudado.

O amanhã pertence a minha crença de hoje,
A crença de hoje me trará um novo amanhã.


HEIDY

2 comentários:

  1. Muito lindo seu poema amiga, parabéns, é sempre bom demais vir ler você,beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga!!!!
    Nossa, que poesia linda! Adorei!
    Já estava com saudades hein!!!
    Um beijo bem carinhoso pra vc!!!
    ;)

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!