Seguidores

Páginas

quarta-feira, 6 de outubro de 2010


 TRAJETÓRIA

Assim que acordar em sua realidade,
Poderá enxergar com mais vivacidade,
O valor e a qualidade,
Do que poderia ser prioridade.

Na ânsia de correr a traz para se encontrar,
Tropeça em teus próprios pés ao se enroscar,
E com laços amarrados, juntos irão sangrar,
Muitos corações a recuperar.

Perdeu-se o companheirismo,
A sinceridade cai ao abismo,
Na água corrente afoga o dinamismo,
Emergi somente gotas de idealismo.

Assim  perdido no oceano,
Sem saber se ainda tem forças para nadar,
Se será um alimento a sustentar,
Ou haverá uma mão estendida para salvar,
Ou deixar que o desprezo pese até se afundar.

O corpo ai está ,enquanto o coração bater,
Vivendo o desafio de amar e sofrer,
A sua alma em paz tem que viver,
Para que seu espírito possa sobreviver.

O que aos teus olhos é esmerado,
Pode ser um caminho desviado,
Procure seu prazer aprimorado,
Não se torne descuidado.

Nunca se sabe tudo,
Não se sinta um escudo,
Que derrete com o fogo,
Ou se torna refugo.

HEIDY

Um comentário:

  1. Muito lindo seu poema, parabéns, tudo de bom pra você,saudades, beijos

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!