Seguidores

Páginas

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

AMOR DO JEITO SEU



AMOR DO JEITO SEU

Há quem diz que ama,
Mas não ama como eu,
Há quem reclama,
Que meu amor não é como o seu.
Há quem ama por um minuto,
Depois já se esqueceu,
E ainda diz que era amor,
Que por um minuto foi meu.
Há quem diz ter te amado,
E que nunca a esqueceu,
E assim foi tirado,
O sonho que ofereceu.
Há quem ama disfarçado,
Só do jeito seu,
E nem parece que é amor,
O que aconteceu.
Há quem se contente,
Em ser sempre teu,
Mesmo sabendo,
Que isso não é amor,
Mas serei sempre eu.

HEIDY


















































Um comentário:

  1. Minha querida adorei, parabéns...saudades de vc!Beijos no coração!

    ResponderExcluir

Que alegria em receber seu comentário!!!