Seguidores

Páginas

sexta-feira, 30 de abril de 2010




O ENTERRO DA FLOR !!!


Na relva brotou uma flor ,
Na solidão desabrochou,
Solitária sem seu amor,
Aos poucos desencantou.

A saudade o que lhe restou,
A brisa do vento frio,
Seu cheiro lhe ofertou,
Deixando-a somente no vazio.

O sonho não mais se revela,
Só vultos sem feições,
À luz fraca como de uma vela,
Imagens de imperfeições.


O sol escondeu-se para sempre,
Na saudade se escondeu,
Tristeza e dor evidente,
Sua pétala pouco a pouco perdeu.


Seu caule rígido tornou-se graveto,
Solitário com raízes apodrecidas,
Como objeto obsoleto,
Fragrâncias esquecidas.


O amor a saudade o sonho ,
Nada restou,
Foi o enterro ,
De uma linda flor.
HEIDY

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que alegria em receber seu comentário!!!